Paradireito: caminho para Transafetividade

Paradireito: caminho para Transafetividade

A Técnica de Mais 1 Ano de Vida Intrafísica, proposta pelo pesquisador, médico e odontólogo Waldo Vieira (1932–2015), desafia o experimentador que deseja dinamizar, acelerar ou impulsionar a evolução consciencial, a supor que tem só mais 1 ano de vida pela frente para cumprir as atribuições da programação existencial. 

No dia 04 de Dezembro de 2021, houve o lançamento do livro:  ‘Antologia de Experimentos – Técnica de Mais 1 Ano de Vida Intrafísica’, pelas organizadoras Ana Claudia Prado, Elizabeth Rodrigues (in memoriam), Maria Izabel da Conceição e Rosemere Victoriano, em conjunto com a Editares.

Conheça mais sobre a Editares através do link:
https://editares.org.br/livro/antologia-de-experimentos-tecnica-de-mais-1-ano-de-vida-intrafisica/

Assim, os autores do livro e aplicantes da Técnica da Mais 1 Ano de Vida Intrafísica foram convidados a relatarem, numa breve entrevista, como foi o processo de escrita e desenvolvimento da pesquisa. 

Abaixo segue a entrevista feita com Marlene Koller, voluntária desde 2003.

Paradireito: caminho para Transafetividade: Entrevista com Marlene Koller

1. Qual foi sua motivação para escrever sobre este tema na Antologia da TM1AVI?

Foi compreendido as implicações de tratar de filho dependente químico, voltando ao convívio com ele após relutâncias em aceitá-lo na adultidade, nestas condições. Com a aplicação da Tm1AVI foi realmente um divisor de águas devido à tomada de consciência dessa realidade.  Dentre os filhos, este é o que mais tenho afinidades, e esses laços afetivos deram a força para o convívio saudável e harmônico, dentro do possível. Compreendi que o amor é uma força que nos dilata.

 

2. O que você pode ampliar sobre o seu Tema de Paradireito: caminho para a transafetividade?

A Transafetividade transcende as emoções que são comuns e há em sua manifestação, o predomínio do mentalsoma. O maior desafio é exercitar a Transafetividade pelo pré-serenão comum até dominar o processo.

Essa neoverpon é pautada no Paradireiro que visa o entendimento da Maxifraternidade, o fluxo dos cosmo e o direito consciencial. As Comunexes evoluídas vivenciam a Transafetividade.

No contato diário com o outro, a pessoa eleva sua pensenidade (Cosmoética) e aplica a isenção dentro do Paradireito, criando uma bolha de energias super positivas para envolvê-lo, criando ambiente propício para o esclarecimento (Tares).

 

3. Quais foram as facilidades e desafios de escrever um livro em grupo?

Não houve dificuldades, foi só ter despojamento para fazer a autexposição consciencial e colocar no papel a experiência. A aplicação da TM1AVI foi permeada de amparabilidade extrafísica e intrafísica para que fosse possível chegar a este aprendizado e hoje, eu e ele, temos uma relação forte de interassistência, em face de meu tratamento com o câncer. Posso inferir que houve a oportunidade de domesticação mútua, enfim, aprendizado conjunto.

 

4. Você vivenciou algum parafenômeno durante a escrita do relato no livro, pode comentar? Por exemplo: Sincronicidades, clarividência, entre outros.

Vários, e destaco a extrapolação da vivência e entendimento da Transafetividade, sentimento avançado para a compreensão mediana.

 

5. Que ganhos evolutivos percebeu a partir da escrita e publicação do livro?

Sensação de mais um completismo nesta vida. Importante Legado para a FEP.

 

6. Quais dicas e sugestões/orientações você dá para quem deseja aplicar a técnica de mais 1 ano de vida intrafísica?

Sugiro aplicá-la várias e várias vezes, pois os resultados são incalculáveis. Somente depois da dessoma poderemos aquilatar todos os ganhos.

Entrevistada

Marlene Koller

Natural de Marcelino Ramos, RS. Graduada em Ciências Sociais; pós-graduada em Excelência em Serviços, Planejamento e Gestão e Técnica em Enfermagem.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Cadastre-se

📩 Receba NOVIDADES sobre a Agenda de Eventos do CEAEC. Insira seu melhor e-mail abaixo:

Publicações Recentes