Ortopensenidade: como manter bons Pensamentos, Sentimentos e Energias?

O que é pensene?

Para a Conscienciologia, todas as manifestações pessoais envolvem três elementos: os pensamentos, os sentimentos e as energias. Esta tríade indissociável (pen + sen + ene) é denominada de pensene.

Assim, os pensenes estão presentes desde as ações pessoais mais simples, por exemplo, apreciar o pôr do Sol, até as mais complexas, como participar ativamente de um debate público. Ou seja, a consciência está sempre se manifestando através dos seus pensenes.

Didaticamente, pode-se afirmar que os serem humanos irradiam permanentemente através das energias conscienciais (ene), o conteúdo informacional de seus pensamentos (pen), sentimentos e emoções (sen). 

Influência dos pensenes sobre fênomenos parapsíquicos

De modo análogo a estação rádio que transmite as informações da voz do locutor ou som da música através das ondas eletromagnéticas, a pessoa emite o conteúdo de suas ideias, sentimentos e emoções especificamente através das próprias bioenergias. 

Assim, a consciência, quando interage com outra, está transmitindo e recebendo informações por meio dos pensenes, ou seja, influencia e sofre influência através desse campo bioenergético.

Esta condição explica vários fenômenos parapsíquicos, a exemplo da simulcognição, muito relatada entre pessoas com afinidades entre si que, mesmo à distância e sem contato presencial, telefônico ou online, percebem os sentimentos sadios (alegria, felicidade, gratidão) ou as emoções patológicas (raiva, mágoa, ansiedade) uma das outras, antes mesmo delas se manifestarem através da fala, da escrita ou dos gestos.

Sob esta perspectiva, entende-se que a qualidade da sintonia entre duas ou mais consciências é diretamente proporcional à afinidade entre os padrões pensênicos individuais. Ou seja, quanto maior a afinidade interpessoal, melhor a possibilidade de uma perceber energeticamente a outra. Aqui vale a máxima popular de “os afins se atraem”.

Diante dessas variáveis, pode-se fazer uma análise mais ampla e enriquecedora dos fatores que contribuem na qualidade dos pensenes pessoais.

Classificação dos pensenes

Sob a ótica da saúde consciencial, pode-se classificar os pensenes em 2 grandes grupos: 

  1. Pensene sadio. É o pensene saudável, homeostático, equilibrado, correto e favorável à evolução pessoal denominado de ortopensene.
  2. Pensene patológico. É o pensene doentio, incorreto, faltoso e prejudicial à evolução pessoal, denominado de patopensene.

Nesta situação, fica a indagação: de que modo podemos qualificar nossos pensenes sadios? Ou, como minimizar ou extinguir os pensenes patológicos?

13 recursos da Conscienciologia para qualificar os pensenes

A Conscienciologia possui uma ampla gama de técnicas terapêuticas, as quais contribuem para o diagnóstico e qualificação da pensenidade íntima.

Eis, a título de exemplo 13, dentre mais de uma centena de recursos disponibilizados para o aprofundamento na qualificação dos pensenes saudáveis pessoais:

  1. Autopesquisa:
    Anotações sobre si, detalhes da própria personalidade e fatos da vida cotidiana estabelecendo uma visão ampla da realidade íntima necessária aos autodiagnósticos.

  2. Bilhete de Lucidez:
    Registro prévio escrito pela pessoa, direcionado a si própria, enfatizando os alertas e recomendações, em especial para os momentos críticos da vida.

  3. Conscienciometria:
    Preenchimento do manual técnico do Conscienciograma permitindo a análise pormenorizada da consciência sob a ótica de 1 centena de traços de personalidade diversificados.

  4. Consciencioterapia:
    Aplicação de técnicas terapêuticas quanto aos desequilíbrios íntimos e dos veículos de manifestação (soma – corpo biológico, energossoma – corpo bioenergético, psicossoma – corpo emocional, mentalsoma – corpo mental). 

  5. CPC:
    Código Pessoal de Cosmoética, estabelecendo regras de autoconduta moral e ética para os diversos momentos da vida, de modo a qualificar a intenção e as decisões pessoais quanto a autoevolução.

  6. Cursos:
    Palestras e outras atividades pedagógicas das várias especialidades da Conscienciologia, com a finalidade de instrumentalizar o pesquisador quanto ao estudo técnico de si, ou seja, da sua personalidade.

  7. Dinâmicas Parapsíquicas:
    Atividades bioenergéticas regulares para desenvolvimento das parapercepções de modo maduro e lúcido.

  8. Estado Vibracional:
    Prática diária da técnica de no mínimo 20 EV’s, objetivando o desenvolvimento das habilidades pessoais quanto ao domínio bioenergético, facilitando assimilação e desassimilação energética de pessoas, objetos ou ambientes.

  9. Higiene Consciencial:
    Manutenção da higiene quanto aos próprios pensamentos, sentimentos e energias, promovendo as mudanças de bloco pensênico e os desbloqueios energéticos.

  10. Laboratórios:
    Estruturas físicas, localizadas nos campi conscienciológicos, especialmente estruturados para criarem ambientes otimizados para qualificação dos traços conscienciais do pesquisador, a exemplo dos laboratórios de Auto-organização, Retrocognição, Pensenologia, Estado Vibracional, dentre outros localizados no Campus CEAEC.

  11. Metapensenidade:
    Anotação e estudo dos próprios pensenes com objetivo de identificar a influência intra e interconsciencial na manifestação pessoal e modo de qualificá-los.

  12. Tenepes:
    Tarefa Energética Pessoal diária de 50 minutos de duração, visando a doação voluntária das bionergias para as consciências intrafísicas e extrafísicas necessitadas de assistência. 

  13. Tertúlias Conscienciológicas:
    Debates diários promovidos através da apresentação de verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, sempre com um tema original fruto da pesquisa dos conscienciólogos. Transmitidas diariamente das 12h30 às 14h30 através do canal do Tertuliarium no Youtube.

Conclusão

Apesar deste rico repertório de instrumentos para qualificação dos próprios pensenes, toda personalidade pode desenvolver estratégias próprias objetivando a qualificação da autopensenidade saudável.

Cabe a cada um de nós, estabelecermos quanto tempo e esforço desejamos investir para promover as reciclagens íntimas de modo a refinar os ortopensenes.

Vale aprofundar a compreensão dos mecanismos da ortopensenidade que vem a ser a qualidade ou habilidade de manter, de modo permanente, os ortopensenes, mesmo diante de situações desafiadoras da vida. 

Para aqueles que se interessam em aprofundar na temática a ciência Conscienciologia possui uma especialidade voltado a este estudo denominada de Ortopensenologia.






Ou seja, os recursos para aprimorarmos a qu
alidade de nossos pensamentos, sentimentos e energias são vastos e estão à disposição, basta querer aplicar. 

Afinal, quem não penseniza por conta própria, muito provavelmente será pensenizado pelas outras consciências.

Autor

Everaldo Bergonzini

Empresário, graduado em Engenharia Elétrica, Administração de Empresas e Psicologia. Pesquisador da Conscienciologia desde 1992 e docente desde 1995. Atuou na condição de consciencioterapeuta de 2012 a 2014. Voluntário da Associação Internacional para a Expansão da Conscienciologia (AIEC). Epicon e verbetógrafo da Enciclopédia da Conscienciologia, co-autor do livro Convivialidade Sadia, pesquisa Cosmoeticologia e Ortopensenologia há mais de 10 anos.

Referências Bibliográficas
  • Bergonzini, Everaldo; & Zolet, Lilian; Convivialidade Sadia: Reflexões Conscienciológica sobre a Harmonia nas Relações Interpessoais; pref. Alexander Steiner & Cecília Oderich; 502 p.; 7 partes: 72 caps.; 76 enus.: 3 tab; 29 filmes; 226 refs.; 36 webgrafia; alf.; 23 x 16 x 2,8 cm; br.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2020; página 79 e 86.

  • Vieira, Waldo; Léxico de Ortopensatas; revisores Equipe de Revisores do Holociclo; 2 vols.; 1.800 p.; Vols. 1 e 2; 1 blog; 652 conceitos analógicos; 22 E-mails; 19 enus.; 1 esquema de evolução consciencial; 17 fotos; glos.; 6.476 termos; 1.811 megapensenes trivocabulares; 1 microbiografia; 20.800 ortopensatas; 2 tabs.; 120 técnicas lexicográficas; 19 websites; 28,5 x 22 x 10 cm; enc.; Associação Internacional do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; 2014; p. 1.279 e 1.279.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Cadastre-se

📩 Receba NOVIDADES sobre a Agenda de Eventos do CEAEC. 
Insira seu melhor e-mail abaixo:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Publicações Recentes