Hipóteses de Vivência do Estado Vibracional

O que é o Estado Vibracional?

O Estado Vibracional é a condição na qual se percebe a sensação de vibração no próprio corpo físico, como se fosse percorrido por ondas elétricas indolores, ou de formigamento, causada pela aceleração vibracional do energossoma (corpo energético) e do psicossoma (corpo das emoções). Esse aumento de frequência tem relação com a soltura do corpo energético.

Higiene energética

No âmbito da Medicina, o asseio corporal, dentre outros, evita a entrada de vermes, vírus, fungos e bactérias, que causam danos à saúde das pessoas, ou melhor, da consciência intrafísica (conscin).

Louis Pasteur (1822-1895), cientista francês, é um nome lembrado, quando o assunto é higiene, pois, dentre suas descobertas está a contaminação causada pelos microorganismos.

Na realidade, o corpo humano exige também cuidados internos, à exemplo da qualidade da alimentação. Afinal, a ingestão de nutrientes otimiza o seu funcionamento, causando a minimização de alguns tipos de doenças. 

Por outro lado, a importância da higienização do energossoma (corpo energético) ainda é desconhecida por grande parte da Humanidade. 



 

Vivência do Estado Vibracional

Para favorecer o asseio do corpo energético, uma das técnicas mais usadas é a prática do Estado Vibracional, o qual possui vasta literatura no campo da Conscienciologia, incluindo a explicação do passo a passo para a instalação do mesmo.

Dentre as publicações sobre o assunto, vale compartilhar a seguinte frase:

“Em geral, quando ocorre um EV realmente intenso, a pessoa não tem dúvida da vivência, pois o fenômeno energético se sobrepõe às demais sensações” (Bolfe, 2020, p. 53).     

Trazendo para a prática, esta autora relaciona 10 hipóteses a respeito dos efeitos do Estado Vibracional, coletados no período de 10/05/2021 até 11/08/2021, a partir de anotações pessoais. São elas: 

  1. Bocejos: evidenciando limpeza ou desbloqueios energéticos.
  2. Clarividência Viajora: visualização de arbustos, acompanhados de nomes intuídos, objetos coloridos e esféricos.
  3. Coceiras: percepção de coceiras em áreas específicas do corpo físico.
  4. Frio: arrepios de frio, antecedendo a desintoxicação orgânica.
  5. Ideias: surgimento de ideias não programadas. 
  6. Insight: decodificação de insight confirmando a importância das práticas do EV. 
  7. Lembranças: imagens de conscins conhecidas e fatos importantes da atual existência.
  8. Relaxamento: vivência de relaxamento intenso e profundo, indutor do sono.
  9. Sensações: identificação de sensações diversas – agitação, ansiedade, desconforto em determinadas partes do corpo.
  10. Sinalética: reconhecimento de sinalética energética e parapsíquica pessoal.  

O estudo e as experiências a respeito do EV estão à disposição de todas as conscins lúcidas, motivadas para realizar as práticas interassistenciais e, simultaneamente, expandir o autoparapsiquismo.

A higidez do energossoma, por intermédio das práticas diárias do EV, traz, ainda, a possibilidade de a conscin dedicar-se ao uso de outras técnicas parapsíquicas, além da produção de gescons, em prol da interassistencialidade.

Autora
Marta Ramiro

Marta Ramiro

Licenciatura e Bacharelado em Física, pela PUC-SP. Voluntária do Campus CEAEC desde 2005 e integrante do Colégio Invisível da Recexologia, desde 1995. Docente da Conscienciologia desde 1995.

Referências Bibliográficas

– Bolfe, Victor Strate; Estado Vibracional: vivência e autoqualificação; Editares; Foz do Iguaçu (PR); 2020; p. 53.
– Tornieri, Sandra; Mapeamento da Sinalética Energética Parapsíquica; Editares; Foz do Iguaçu (PR); 2015. 
– Vieira, Waldo; 700 Experimentos da Conscienciologia; Editares; Foz do Iguaçu (PR); 2013; páginas 348 a 354.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Cadastre-se

📩 Receba NOVIDADES sobre a Agenda de Eventos do CEAEC. 
Insira seu melhor e-mail abaixo:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Publicações Recentes