Como ocorrem os pensamentos?

Como ocorrem os pensamentos?

Processamento. Fisicamente, o pensamento não é algo tangível, assim como as emoções. Pensamento é uma percepção do nosso consciente. Tudo acontece em um curto espaço de tempo, iniciando no córtex cerebral. Estima-se que demore 300 milissegundos antes do pensamento se tornar consciente.  

Informação. O pensamento possui uma base física, que é a rede neural. Ela nada mais é do que um grupo de células cerebrais, os neurônios, que se comunicam, passam informação entre si por sinapses elétricas ou químicas. Essa transmissão de informações consiste na atividade mental, que pode ser considerada uma manifestação física dos nossos pensamentos.

Pensene. Porém, esse processamento não é uma manifestação isolada. Nossos pensamentos estão permeados de emoções, sentimentos e produzem um quantum de energia, estudados na neociência Conscienciologia como pensenes.

Ininterrupto. Segundo a Conscienciologia, o pensene é a unidade de manifestação prática da consciência, considerando o pensamento ou ideia (concepção), o sentimento ou a emoção, e a energia consciencial em conjunto de modo inseparável e produzidos de modo ininterrupto por todas as consciências.

Somos o que pensenizamos

Influência. Pensenes influenciam a manifestação consciencial. Existem consciências amorais ou sem ética, as que possuem alguma ideia de valores éticos, porém de modo primário e consciências cosmoéticas. 

Princípios. A cosmoética é o conjunto de normas universais, intra e extrafísicas abrangentes, além dos princípios da moral social, dos eufemismos, convenções sociais, leis e rótulos humanos.

Solução. Sabendo que nossos pensamentos têm um sentimento envolvido e consequentemente promove um padrão de energia, ao parar de pensar mal dos outros estamos sendo cosmoéticos. 

Meta. Pensenizar de modo positivo sobre nós mesmos e outras consciências pode parecer algo intangível, mas é possível.

Equilíbrio. Eis a seguir 11 exemplos de qualidades conscienciais indicadoras de pensenidade saudável, passíveis de serem desenvolvidas:

  1. Agradável;
  2. Acolhedora;
  3. Assistencial;
  4. Confiante;
  5. Determinada;
  6. Educada;
  7. Empática;
  8. Equilibrada;
  9. Otimista;
  10. Positiva;
  11. Pro-ativa.

Desequilíbrio. Por outro lado, pensenes permeados de irritabilidade, mágoas, negativismo, preocupações excessivas, isolamento social, tristeza, angústia, dentre outros, intoxicam as energias pessoais e o seu entorno. 

Riscos. A falta de cuidado com a pensenidade pode gerar comorbidades e elevar potencialmente os riscos para o desenvolvimento de diversas doenças crônicas de difícil tratamento, a exemplo de doenças psicossomáticas, patologias estudadas pela psiquiatria e psicologia, estando relacionadas ao controle das emoções, sentimentos ou seja, estilo da pensenidade. 

Resultados. As emoções incontroladas e os pensamentos negativos desencadeiam perturbações mentais, sobrecarregando as funções orgânicas e o funcionamento do corpo. Isso ocorre por diversas questões, especialmente àquelas ligadas a experiências ruins e traumas não superados. 

Consequência. O estresse gerado por essas emoções negativas afetam a capacidade de coordenação cerebral, o que impede a liberação das substâncias importantes e necessárias ao ajuste da fisiologia do organismo.

Comprometimento. O impacto desse desajuste se manifesta por meio de dores e de múltiplas doenças físicas. Se não adequadamente tratados, essas complicações podem evoluir gradativamente e comprometer a saúde do indivíduo de forma cada vez mais intensa.

Profilaxia. Encontrar o equilíbrio físico, mental e emocional diante de tantos desafios impostos pela existência, muitas vezes adversos aos nossos planos, a exemplo da pandemia de covid-19 (ano base 2021), passa a ser ação indispensável e profilática aos interessados em ampliar sua saúde integral.

Prática. Para tanto, faz-se necessário praticar ferramentas que amenizem os impactos da vida cotidiana e o estilo pensênico que resultam em distorções da realidade. 

Como ajustar os pensenes?

Definição. A autoortopensenização é a condição buscada e mantida pela conscin lúcida, homem ou mulher, para alcançar e dominar, satisfatoriamente, os megatrafores avançados, explicitados pelas pesquisas intra e extrafísicas da Conscienciologia, a partir da retilinearidade da autopensenização (VIEIRA, 2013, p. 1.802).

Cosmoética. Um dos primeiros passos para o estabelecimento de pensenes saudáveis é a identificação e a extinção das autocorrupções. Ortopensenidade é incorruptibilidade.

Técnica. Construir o Código Pessoal de Cosmoética, inserindo as normas ortopensênicas e comportamentais a serem incorporadas no cotidiano. Verbete: Código Pessoal de Cosmoética.

Metapensenidade. Criar o hábito de pensenizar de modo autocrítico e ponderado a respeito dos próprios pensamentos, sentimentos e energias.

Técnica. Questionar o que está pensenizando, de que forma costuma chega às conclusões, baseado em quais evidências e criar o hábito anotar os resultados. Verbete: Metapensenidade Autodiscernidora.

Autorganização. A consequência da ortopensenidade livre é a vida intrafísica organizada (VIEIRA, 2014, p. 1.186). 

Técnica. A técnica da Ilha de Ortopensenidade é a criação e manutenção de ambiente humano específico, – holopensene doméstico ou institucional –, sob a atuação de materpensene o mais cosmoético possível (VIEIRA, 2004, p. 133). Verbete: Ortopensenidade. 

Autopesquisa. autopesquisa é o estudo de si mesmo, onde o pesquisador é, simultaneamente, o investigador e o objeto ou campo de pesquisa analisado. A autopesquisa faz a profilaxia dos conflitos íntimos e consequentemente do sofrimento, fruto muitas vezes da falta de reflexão sobre a própria vida.

Técnica. Enumere o máximo de trafores e trafares possíveis, procurando depois selecionar dez de cada, os mais assertivos e pertinentes. Estabeleça metas para superação dos trafares a partir da aplicação dos trafores, procurando também expandir os talentos pessoais. Verbete: Autopesquisa Traforológica.

Autopacificação. A pacificação íntima é o estado de serenidade em que a consciência expressa equilíbrio entre os pensenes e as ações, transmitindo harmonia e tranquilidade.

Técnica. Estudar, praticar e dominar a mobilização básica das energias e o estado vibracional. Verbete: Efeito do Estado Vibracional.

Conclusão

Investimento. A organização dos pensamentos, sentimentos e energias começa pelo investimento individual no autoconhecimento, se consolida com as superações das autocorrupções, dos conflitos intra e interpessoais e repercute na saúde pessoal e nas interações com os ambientes e pessoas. Dessa forma, a vivência da ortopensenidade é uma meta a ser alcançada no caminho evolutivo pessoal.

Autora
Cirlei Gurgel

Cirlei Gurgel

Cirlei Gurgel é graduada em Psicologia, especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental, docente, pesquisadora e voluntária do Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC) e Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC).

Referências Bibliográficas
  • Carvalho, Juliana; Pensenograma: Proposta de Método para Estudo da Pensenidade; Artigo; Conscientia; Revista; Trimestral; Vol. 15; N. 1; 10 enus.; 8 refs.; 1 tabela; 1 apêndice; Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; Janeiro-Março, 2011; páginas 92 a 104.
  • Espósito, Luiz: Ortopensenometria; Artigo; Glasnost; Revista; Ano 2015; Vol. 2; N. 2; Associação Internacional de Conscienciometria Interassistencial (CONSCIUS); Foz do Iguaçu, PR; Julho; 2015; páginas 21 a 33.
  • Vieira, Waldo; Dicionário de Argumentos da Conscienciologia; revisores Equipe de Revisores do Holociclo; 1.572 p.; blog; 21  E-mails; 551 enus.; 1 esquema da evolução consciencial; 18 fotos; glos. 650 termos; 19 websites; alf.; 28,5 x 21,5 x 7 cm; enc.; Associa-ção Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2014; páginas 372, 446 e 728
  • Idem; 200 Teáticas da Conscienciologia;  260  p.;  200  caps.;  13  refs.;  alf.;  br.; Instituto  Internacional  de  Projeciologia  e Conscienciologia (IIPC); Rio de Janeiro, RJ; 1997; página 136.
  • Idem; Homo sapiens reurbanisatus; 1.584 p.; 479 caps.; 139 abrevs.; 40 ilus.; 7 indices; 102 sinopses; glos. 241 termos; 7.655 refs.; alf.; geo.; ono.; 29 x 21 x 7 cm; enc.; 3a Ed. Gratuita; Associacao Internacional do Centro de Altos Estudos da Consciencio-logia (CEAEC); Foz do Iguacu, PR; 2004; paginas 133, 466 e 468.
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Cadastre-se

📩 Receba NOVIDADES sobre a Agenda de Eventos do CEAEC. 
Insira seu melhor e-mail abaixo:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Publicações Recentes