Português

Transcrição:

O tertuliarium é o primeiro debatódromo do planeta, uma obra arquitetônica inédita, projetada e construída no CEAEC a partir do esforço conjunto dos voluntários da conscienciologia especialmente para a realização e transmissão das tertúlias conscienciológicas, ou o curso de longo curso, diariamente, das doze e trinta às catorze e trinta. Tem como objetivo o estudo e o aprofundamento democrático quanto às verdades relativas de ponta apresentadas nos verbetes da enciclopédia da conscienciologia a partir do livre debate e da interação grupal harmoniosa, cosmoética e interassistencial.

Além das tertúlias conscienciológicas, atualmente o local abriga também as atividades do círculo mentalsomático, aos sábados, das nove às dez horas e quarenta e cinco minutos. Trata-se da reunião de autores de livros publicados e autorandos, pesquisadores afins e público em geral para debater temas, questões e desafios de cunho evolutivo, incentivando prioritariamente a autopesquisa e a escrita conscienciológica. 

E aos domingos, também das 9h às 10 horas e quarenta e cinco,  a tertúlia matinal tem o objetivo de expor temas conscienciológicos por pesquisadores veteranos, capazes de promover a participação do público presente, predispondo ao bem-estar pessoal e à automotivação para a pesquisa das especialidades da conscienciologia.

Todas as atividades são gratuitas, sem pré-requisitos e abertas ao público.

A pedra fundamental deste projeto foi lançada em vinte e dois de abril de dois mil e sete, com assinatura do arquiteto e conscienciólogo Everton Santos. Conta com um área construída de oitocentos e vinte e três metros quadrados, foi erguido em apenas onze meses e inaugurado em trinta de novembro de dois mil e oito.

A materialização deste megaempreendimento foi possível a partir da contribuição financeira das diversas instituições conscienciocêntricas e seus voluntários, com especial destaque para a AIEC, a ARACÊ e o CEAEC.

O tertuliarium surgiu a partir da ampliação natural do trabalho de esclarecimento de ponta realizado com as tertúlias conscienciológicas, representando necessária e importante atualização estrutural com o objetivo de oferecer ambiente confortável e otimizado aos tertulianos, consolidando a equipe intrafísica (equipin) de voluntários e ampliando a equipe extrafísica (equipex) de amparadores.

Desde sua inauguração, o tertuliarium se transformou no maior ponto de convergência entre voluntários da conscienciologia e de recepção de novos visitantes e pesquisadores na Cognópolis, já tendo recebido diversas personalidades do campo das ciências, das artes e da política. Desde vinte e um de dezembro de dois mil e treze, o tertuliarium abriga também a encyclossapiens, instituição conscienciocêntrica dedicada aos estudos, pesquisas, ensino e produção dos verbetes da enciclopédia da conscienciologia. É responsável também pela direção conjunta das tertúlias conscienciológicas com o CEAEC.

No hall de entrada encontram-se, à esquerda, as publicações dos livros mais recentes dos autores da conscienciologia e, no painel à frente da entrada, as publicações de matérias em revistas de destaque em Foz do Iguaçu, no Brasil e no mundo. A palavra calma, colocada no alto do painel frontal, serve de orientação para consciências intrafísicas – conscins – ávidas por informação e muitas vezes ansiosas por acessar e vivenciar rapidamente as ideias de ponta da conscienciologia; e para consciências extrafísicas – consciexes –, interessadas em ampliar seus conhecimentos principalmente quanto à experiência prática de viver nesta dimensão, que será seu próximo desafio ao renascerem.

À direita está a rampa de acesso ao auditório e agora convidamos você a caminhar por ela até chegar ao hall da entrada principal onde, à sua direita, você encontrará um mirante com vista parcial para a Cognópolis.