Português

Transcrição:

Este departamento chama-se holociclo e é dedicado à produção intelectual da conscienciologia, em especial à enciclopédia da conscienciologia.

A conscienciologia pode ser considerada, de certo modo, uma teoria da consciência derivada das ideias filosóficas de Sócrates. Para ele, a sabedoria consistia em conhecer-se a si mesmo, tornando-se ciente dos próprios limites. Por sua vez, a essência da metodologia investigativa da conscienciologia é a autopesquisa, exercício constante do autoconhecimento de modo teórico e prático.

O nome holociclo é a junção de duas palavras: “holo” que significa conjunto, e “ciclo”, termo derivado de enciclopédia (enkyklos, em grego). O holociclo é um conjunto de enciclopédias e dicionários com a finalidade de auxiliar a redação da enciclopédia da conscienciologia.

Essa obra de referência foi proposta e organizada por Waldo Vieira, tendo início em mil novecentos e noventa e oito, ainda no Rio de Janeiro, onde ele morava.

Teve continuidade a partir de dois mil, em Foz do Iguaçu, aqui no holociclo.

Quando Waldo vieira transferiu sua residência para dentro do campus CEAEC em julho do ano dois mil,  pediu para organizar o holociclo de acordo com o seguinte princípio: “os fatos orientam a pesquisa”.

A partir desse princípio, três coleções foram selecionadas para este espaço: a coleção de jornais, revistas e periódicos, chamada hemeroteca, que possui mais de meio milhão de notícias classificadas em cinco mil temas, de onde extraímos os fatos. A coleção de léxicos, que inclui dicionários, vocabulários, glossários e obras afins, formando a lexicoteca, com mais de sete mil itens classificados em mil e seiscentos assuntos diferentes; e a coleção de enciclopédias com mais de um volume que se encontram nas estantes, compondo a encicloteca.

Os dicionários e as enciclopédias auxiliam na análise dos fatos.

Todo trabalho de pesquisa do holociclo está fundamentado no princípio da descrença que diz o seguinte: “Não acredite em nada, nem mesmo no que lhe informarem no holociclo. Tenha suas experiências pessoais”. Os pesquisadores da conscienciologia não utilizam crenças em suas abordagens, mas a experimentação pessoal.

Devido à complexidade do objeto de estudo, ou seja, a própria consciência, que inclui eu, você e todas as pessoas, tenta-se reunir no holociclo todo cabedal do conhecimento humano.